Como Poupar Água: 10 Dicas Essenciais

Partilhe
Torneira a Pingar Água

Mais que uma forma de poupar dinheiro, poupar água é uma necessidade ambiental e um dever para todos. Na verdade, apesar de o planeta ser maioritariamente composto por água, a quantidade de água potável disponível é preocupantemente reduzida: menos de 1%.

O aumento da população, a poluição, as mudanças climáticas e as alterações no estilo de vida são fatores que têm levado a uma escassez dos recursos naturais, pelo que a consciência ambiental deve ser cada vez mais uma preocupação de todos.

No entanto, muitas vezes sem pensar, acabamos por gastar mais do que necessitamos, o que leva, por um lado, a um desgaste desnecessário de recursos essenciais e, por outro lado, a maiores custos nas despesas do lar. Logo, proteger é poupar. Poupar recursos e… poupar dinheiro! Que mais motivos necessita para começar a poupar água?

1. Lavar a Roupa

A utilização da máquina de lavar roupa deverá ser racional, ou seja, deverá optar por programas mais económicos e rápidos. Não deverá efetuar lavagens com pouca carga, deverá sempre juntar o máximo de peças possível para rentabilizar os consumos da máquina e não desperdiçar água. Consulte os programas disponíveis e escolha os mais adequados a cada lavagem. Para aprender como rentabilizar melhor os seus recursos, descubra algumas sugestões essenciais para poupar na lavagem da roupa.

A escolha da máquina é também muito importante. Ao comprar uma máquina de roupa, deverá consultar as várias marcas e lojas disponíveis para encontrar o modelo mais eficaz, económico e que melhor se adapte às suas necessidades. A decisão por modelos A+++ irá implicar um investimento maior, inicialmente, mas o custo poderá ser compensado no futuro uma vez que os consumos são mais reduzidos. Descubra as nossas dicas para escolher uma máquina de lavar, encontre o seu modelo ideal e comece a poupança!

2. Lavar a Louça

- Lavagem à Máquina

Atualmente, as máquinas de lavar louça são desenvolvidas com uma forte preocupação ambiental e possibilitam consumos mais conscientes. Isto faz com que a lavagem da louça na máquina resulte em consumos mais económicos que a lavagem à mão. Basta optar por uma máquina eficiente e por programas mais económicos.

Para além disso, deverá sempre utilizar a máquina com a carga completa e utilizar ciclos tão curtos quanto possível. Antes de colocar a louça da máquina, retire os resíduos com a ajuda de um guardanapo para que a sujidade saia mais facilmente.

- Lavagem à Mão

Caso não tenha máquina ou surja a necessidade/preferência em lavar a louça à mão, deverá coloca-la primeiro de molho para retirar os resíduos mais entranhados e facilitar a lavagem. Não lave a louça sob água corrente, utilize o lava-louça ou um recipiente cheio de água para o efeito. Caso tenha mais espaço (ou um lava-louça com duas cubas), poderá utilizar um recipiente para a lavagem e outro para enxaguar a louça, reduzindo assim ao máximo o uso da água corrente, utilizando-a só quando necessário. Não utilize demasiado detergente. Para além de ter maiores custos ao usar uma quantidade de produto maior, irá também incrementar o consumo de água, uma vez que irá necessitar de mais água para retirar a espuma em excesso.

3. Poupar Água no Banho

Tomar duche em vez de banho de imersão poderá levar a uma poupança de 50% no consumo de água. Mesmo no duche, deverá ter em atenção o tempo do banho e terminar o mais brevemente possível. Um duche de 5 minutos pode gastar, em média, cerca de 25 litros de água, podendo variar conforme o tipo de chuveiro e a pressão da água. Assim, quanto mais rápido for, mais irá poupar.

Durante o duche, desligue a água enquanto estiver a ensaboar-se ou a colocar o champô. Durante este período a água é desnecessária e com este pequeno gesto poderá reduzir bastante os consumos.

4. Fechar a Torneira

Por vezes, economizar água pode ser mais fácil do que imagina. Existem uma série de atividades de rotina nas quais temos tendência para criar maus hábitos. Por exemplo, ao lavar os dentes, deverá manter a torneira fechada e utilizar um copo com água para bochechar, em vez da água corrente.

Uma torneira com água a correr poderá consumir até 12 litros de água por minuto, pelo que poderá reduzir bastante os seus consumos de água se fechar a torneira em atividades de rotina como o fazer a barba, lavar as mãos, etc.

5. Redução do Caudal e Fugas

Existem várias maneiras de economizar água em casa. A instalação de redutores de caudal nas torneiras e chuveiros é uma delas e poderá reduzir o consumo de água em cerca de 50%. Os redutores de caudal são peças baratas e fáceis de encontrar e instalar. Através da inserção de ar no fluxo de água, estes aparelhos permitem uma redução da quantidade de água utilizada, pelo que constituem uma importante dica de poupança.

Certifique-se também que toda a canalização se encontra em bom estado e que não existem fugas de água. Uma torneira a pingar poderá aumentar muito os consumos e estará a desperdiçar um recurso precioso. Verifique se as torneiras estão sempre bem fechadas, após cada utilização.

6. Poupança na Casa de Banho

Uma outra solução de poupança de água será colocar uma garrafa de água (ou outro objeto semelhante) dentro do autoclismo. Assim irá reduzir a quantidade de água utilizada nas descargas. A instalação de um autoclismo com dupla descarga também poderá ajuda-lo a poupar água. Os autoclismos mais modernos já vêm habitualmente com esta opção, podendo optar por uma descarga mais pequena ou maior, conforme a necessidade.

Evite deitar lixo desnecessário para a sanita. Muitas vezes, por comodidade, são deitados lenços de papel, algodões ou outro tipo de pequenos desperdícios na sanita. Ao deitar estes objetos no lixo estará a reduzir as descargas e poupar no consumo de água.

7. Cozinhar (com consumos) Light

Ao cozinhar, utilize quantidades reduzidas de água. Opte por panelas adequadas ao tamanho dos alimentos, ou seja, o mais pequenas possível em função da quantidade de ingredientes que está a cozinhar.

Utilize água em quantidade suficiente para cobrir os alimentos, não é necessário e encher toda a panela. Sempre que possível, cozinhe com os tachos tapados. Desta forma, irá conseguir poupar a quantidade de água utilizada, reduzindo também o tempo de cozedura e consequentemente o consumo energético.

8. Plantas e Jardim

Caso tenha um jardim, deverá regá-lo o mais cedo possível, de manhã, ou ao início da noite, de forma a evitar as horas de maior calor. Nas horas mais frescas, a evaporação é menor, pelo que conseguirá economizar água.

Se possível, utilize um regador em vez de uma mangueira, pois irá controlar muito melhor a quantidade de água dispensada.

9. Reutilizar e Não Desperdiçar

Saber como poupar água é saber estar atento a pormenores. Já pensou na água que desperdiça todos os dias no banho, enquanto espera que fique quente? Ou na água que utiliza para lavar fruta e legumes? Ao colocar um balde no chuveiro e um alguidar no lava-louças poderá aproveitar a água para outros propósitos, como por exemplo lavar o chão ou regar as plantas.

Da mesma forma, se colocar um recipiente no jardim, poderá aproveitar a água da chuva para tarefas deste género. Pode parecer irrelevante, mas cada pequeno gesto conta para a sua poupança e para a preservação ambiental.

10. Controlo e Monitorização - Faturas e Leituras

Finalmente, esteja atento aos consumos. Verifique as faturas com atenção e entregue sempre as contagens para garantir que os valores cobrados são os corretos. Poupar exige rotina, organização e paciência, mas os benefícios podem ser muito aliciantes!




Passe estas regras aos seus familiares de forma a que todos possam contribuir para um consumo mais regrado e consciente. Dicas para economizar água são novas ideias para poupar dinheiro. Se adotar estes pequenos truques, irá começar a ver a diferença nas suas faturas ao final do mês, para além de saber que está a contribuir para um mundo melhor.